02/11/2013

Das coisas simples da vida

Confesso que nunca entendi toda essa ganância que as pessoas tem. Sempre querendo tudo e ainda mais. Isso me decepciona profundamente.
Não existe mais conversas cara a cara, ninguém manda mais bilhetes, as crianças não brincam na chuva e nem na lama que se forma depois. Não se dá mais flores, não se diz mais eu te amo.
A felicidade e o amor que todos procuram está nas coisas mais simples do nosso dia a dia, aquelas que estão sendo esquecidas.