16/01/2017

creio que os remédios estejam fazendo efeito
não choro mais tão facilmente
não brigo com a mesma energia
não tento me matar dia após dia
nem me deito orando para nunca mais acordar

mas as vozes continuam aqui
dentro de minha mente
vez ou outra elas desaparecem
mas sempre retornam

o medo do abandono continua aqui
e eu, continuo tentando não perder mais ninguém
mas
continuo falhando
não consigo me acostumar com as partidas
elas sempre me doem de mais

a cada dia que passa
é como se todos estivesse escorrendo pelas minhas mãos
como areia sendo levada pelo vento
não posso segurar
não consigo segurar
me isolo
em meio a raiva e toda a dor da perda
expulso o restante

"está na sua hora! vá! pois não quero sentir isso novamente, não quando eu estiver curada, a dor cicatrizada, não. Se vão, vão todos agora, deixem um buraco só, me deixe sentir a dor de uma só vez. tenham piedade. não me torturem mais."


Nenhum comentário:

Postar um comentário